quinta-feira , novembro 21 2019
Casa / Cinema / SUPERCINE – Projeto leva cineclube ao Colégio Chicão

SUPERCINE – Projeto leva cineclube ao Colégio Chicão

Com o intuito de atrair e levar o cinema para adolescentes do CED São Francisco, em São Sebastião, o projeto SuperCine oferecerá oficinas, palestras, exibições de filmes de cineastas locais e do DF e cinedebate.

Embora estejamos inseridos em um mundo multimídia, onde a linguagem audiovisual circula tanto quanto a linguagem escrita, a falta de salas de cinema na comunidade dificulta o acesso da população a produções cinematográficas que podem ser um poderoso instrumento de intercâmbio. Nesse sentido, a criação de um cineclube potencializa o uso do cinema na escola, pois os filmes se relacionam a vários campos do saber, além de propiciar um espaço de convívio e diálogo entre o acervo audiovisual do aluno, constituído em sua experiência cotidiana, e as produções artísticas e culturais reconhecidas de diferentes épocas e contextos socioculturais, apresentadas pela escola.

A proposta do projeto é iniciar um cineclube na escola e proporcionar, tanto para professores quanto para alunos, o prazer e a reflexão acerca de filmes que estão fora do circuito comercial, além de despertar novos olhares e potencialidades por meio do cinema. O SuperCine visa contribuir para a formação dos estudantes, estimulando-os a buscar, de forma consciente, novas experiências com as obras cinematográficas e a leitura de narrativas audiovisuais.

A parceria entre produtores culturais, professores, direção e estudantes, qualificará o cineclube para que seja uma oportunidade de aprendizagem e possibilite formas de conhecer a linguagem cinematográfica, como mais um elemento constitutivo de sua formação e incorporar essa arte ao seu repertório cultural, ampliando, assim, sua potencialidade no exercício de uma postura crítica e reflexiva na vida e no trabalho.

Como forma de trazer o contexto (histórico, político e/ou econômico) em que o filme é produzido e favorecer uma melhor compreensão da obra, os alunos serão incentivados a assumirem o protagonismo no processo divulgação do cineclube e das obras a serem exibidas. Será oferecido uma oficina com designer gráfico para produção de cartazes e de zines, onde entrarão em contato com informações sobre o filme a ser exibido.

O Supercine contará com um momento reservado para a troca de experiências depois de cada sessão, onde um cineasta convidado mediará o debate sobre a elementos cinematográficos presentes nas obras. Não se trata apenas de uma leitura analítica e crítica do filme, mas de uma leitura que permita o entendimento dos alunos em relação aos signos e significados da escrita fílmica, com som e imagem, concebendo aquele espaço para além da reprodução de conhecimentos.

Durante as sessões serão distribuídos pipoca e refrigerante para os alunos.

Essa ação que tem Isaac Mendes como proponente é desenvolvida pelo Movimento Supernova em parceria com o CED São Francisco, grupo Fora de Cena e cineastas locais te apoio do FAC Fundo de Arte e Cultura do Distrito Federal.

Por Isaac Mendes

Sobre Paulo Dagomeh

Paulo Dagomeh
Poeta, compositor e ativista cultural, fundou, com amigos, o grupo Radicais Livres e o Movimento Supernova. É membro do Colegiado Livro e Leitura.