sábado , julho 20 2019
Casa / Brasil / Mundo / Bumblebee é o melhor filme da franquia Transformers – Por Nilmar Paulo

Bumblebee é o melhor filme da franquia Transformers – Por Nilmar Paulo

O mais novo filme da franquia Transformers chega essa semana aos cinemas brasileiros. Pela primeira vez um dos personagens do filme ganha uma produção voltada para si. Claro que pela popularidade, o escolhido foi o personagem Bumblebee, que é um dos Autobots favoritos da galera fanática, tanto nos filmes quanto nos desenhos de “Os Transformers” que eram exibidos na TV na década de 80.

Nesse filme especificamente, é contada a história de quando o personagem Bumblebee chega à terra no ano de 1987 e fica refugiado nela, para fugir de inimigos do seu planeta natal, o planeta Cybertron, que são os robôs Deceptions.

Mas ao chegar na terra, o robô amarelo fica ferido e escondido disfarçado de Fusca por alguns anos em um ferro velho. Uma outra personagem do filme é Charlie (Halle Steinfeld) que fica amiga de Bumblebee, uma garota depressiva, antissocial e que vive em seu mundo e que é apaixonada por carros.

Perto de completar 18 anos, ela vai em busca de um carro, quando ela encontra o autobots na versão fusca, consegue consertá-lo e o leva para sua casa.

Logo ela descobre que o fusca amarelo não é um carro comum. Viram amigos e fazem algumas aventuras juntos. O filme explica algumas coisas sobre o Bumblebee como, por exemplo, o fato dele ser o único personagem a não ter voz própria e também a origem do seu nome. Trata-se de um personagem que está com medo, pois está refugiado e sozinho. E seus inimigos ainda estão à sua procura. O filme não chega a ser um clássico como E.T, mas remete um pouco ao lendário filme de Spielperg.

Além disso, quem de nós, na adolescência, não gostaria de ser o descolado Marty McFly do filme “De Volta Para o Futuro”? Essa é uma sensação que os jovens terão com a personagem Charlie. Uma jovem descolada e com estilo, inteligente, entende de carros e que ainda tem um amigo Transformer.

O filme é um pouco insistente na pegada oitentista. Claro que é maneiro ver um filme quase inteiro com a trilha dos anos 80. Mas vai além da trilha sonora. A direção de arte trabalhou pesado para decorar um ambiente bem característico dos anos 80. Quadros na parede, camisetas de bandas, acessórios como Walkman. E tudo muito evidente nas cenas.

O filme tem foi dirigido por Travis Knight que assina títulos como “Kubo” e “The BoxTrolls”. Esse último, deu a ele a indicação ao Oscar de melhor animação na edição de 2015. O longa tem poucas cenas de ação e um pouco mais de história.

As cenas de ação são bem melhores para um bom entendimento se comparadas com outros filmes da franquia, não havendo cenas muito escuras e ainda contando com bons ângulos de câmeras.

Apesar de eu ter citado filmes como E.T e De Volta para o Futuro, é claro que é apenas uma semelhança. Bumblebee não chega a ser tão bom quanto. Mas uma coisa é certa. É o melhor filme da franquia Transformers.

Sobre Paulo Dagomeh

Paulo Dagomeh
Poeta, compositor e ativista cultural, fundou, com amigos, o grupo Radicais Livres e o Movimento Supernova. É membro do Colegiado Livro e Leitura.